31.1.19

Ética cotidiana

A pergunta é razoável e muito correqueira nos dias de hoje: Posso cortar um parente com opiniões odiosas da minha vida? A resposta rende muita discussão. Eu acho que a resposta está errada - ou pelo menos muito pouco ponderada.

Qual a sua opinião?

"Tendências"

As tendências de consumo para 2019. Como todas as pesquisas desse tipo que já vi, essa traz ideias que já tem uns vinte anos aparecendo como novas ou em popularização. Será que isso indica alguma novidade?

29.1.19

O Cristianismo e o Capitalismo de Estado

Um exemplo para o mundo de um futuro próximo, a China está desmontando igrejas cristãs no país. Os chineses vêm tentando diminuir o atrito entre doutina e estado: para isso expulsar fiéis das suas cidades e até uma nova tradução da Bíblia não estão fora de questão.

28.1.19

O quê Force Five?

Ressuscitaram Fox Force Five , a melhor ideia de Quentin Tarantino, com algumas alterações sutis.

No fundo do mar

As diferenças entre as velocidades de transmissão entre o passado e qualquer instalação de agora são absurdas! A instalalação dos cabos é algo que me fascina desde que soube que isso era feito. E há muito tempo.

26.1.19

Show de prêmios

Em sua quarta edição, o Prêmio Grampo 2019 divulgou seus jurados convidados. Um júri muito equilibrado, formado por 50% homens, 50% mulheres - se contei direito e acertei o gênero de todo mundo - o que me parece bem acertado às obras que têm se destacado.

No Sábado, 2 de fevereiro, a lista dos premiados e os votos dos jurados vai estar disponível no Balbúrdia. Acho um dos prêmio de quadrinhos mais interessantes do Brasil, por divulgar aquelas coisas estranhas que difícilmente descobria de outro jeito.

25.1.19

São Paulo 465 anos

Aproveite o aniversário de São Paulo para conhecer os restaurantes clássicos do Centro. Como os senhores do texto, direi que falta o Almanara da Basílio da Gama.

Faroeste tupiniquim

Tenho evitado falar de política aqui. Principalmente para evitar as discussões de alto nível que teho visto por aí. A segunda: simplesmente não tenho pique para ler e comentar tudo! Por exemplo: desdes que saiu a playlist com músicas mais longas do que o discurso do Bolsonaro em Davos, aconteceu muita coisa.

22.1.19

Kondomania e meus livros

Ao ler na livraria A Mágica da Arrumação da organizadora de espaços Marie Kondo, uma pergunta me veio à mente: E meus livros? Não que cada um deles me cause prazer (uns eu vou morrer sem ler), mas o volume deles e a própria construção de uma biblioteca me dáo prazer. Tem muita gente pensando asssim.

20.1.19

Maravilhoso mundo novo

Ninguém costuma falar sobre sexo e deficiência física à geral. E quando falam fica um tom quinta série. Mas entendo que o título provoque piadas: Tetraplégico de 27 anos realiza sonho de estrelar filme pornô. Ah, esqueceram de mencionar que é pornô gay. E ao mesmo tempo um case de marketing.

Os mistérios do DNA

Duas gêmeas compraram kits de diversas empresas que testam o DNA. Apesar de univitelínas, os resultados foram diferentes, mesmo os da mesma empresa.

19.1.19

Comer insetos

Qual é a melhor maneira de ajudar as pessoas a comer insetos? Dicas que não passam pelo altruismo com o planeta.

18.1.19

Tem que mentir direito

Cinco quadrinhos que você precisa dizer que leu antes dos 30 anos. Você também pode ler algum, se não der muito trabalho. (Li todos antes dos 25 - Ghost World foi meio complicado de importar.)

17.1.19

Um desastre fascinante

Em janeiro de 1919 um enorme tanque de aço se rompeu,. O resultado foi uma onda de melaço com quase cinco metros que matou 21 pessoas e arrastou casas e carros pelo caminho.

16.1.19

Quem liga para os astronômos?

Uma empresa japonesa lançou hoje um satélite ao espaço. O lançamento é parte do desenvolvimento de uma chuva de meteoros artificial!

Ascensão e queda do RSS

Antes de nos preocuparmos em tornar mais diverso nosso consumo de informação (AKA "fechar um pouco o Facebook"), o maior problema do usuário era encontrar e organizar a informação mais relevante. Daí surgiu o RSS, uma das minhas tecnologias preferidas na Internet.

15.1.19

Um (pequeno) sonho realizado

Desde De Volta Para o Futuro II o mundo espera o lançamento do Hoverboard. Em vez disso a Nike lançou o sapato que se amarra sozinho... As coisas boas chegam em doses mínimas.

O Museu Nacional Precisa de Você

Incendiado em setembro passado, o Museu Nacional será transformado em Lego Dois publicitários recriaram em tijolinhos coloridos o prédio e inscreveram para votação no Ideas Lego - com dez mil votos, o kit entra em produção e os lucros serão revertidos para ajudar na reconstrução do museu, prevista para terminar em 20 anos.

14.1.19

O Fim

E se morresse todo mundo sem que fosse nossa culpa? Talvez por um evento natural altamente improvável, como uma supernova "por perto" ou um asteróide? Já aconteceu antes. Mais de uma vez.

Os quadrinhos mais esperados de 2019 (e melhores de 2018)

Entre as diversas listas dos quadrinhos mais esperados de 2019, escolhi a da Paste (parte 1 e parte 2) enorme com melhores chances de ter coisas interessantes. Para comparação, os melhores do ano passado.

Se você procura opções mais excêntricas, a não-lista do Comics Journal é a que você procura.

12.1.19

Nonagenários

O belga Tintim e o marinheiro Popeye completam/completaram 90 anos por esses dias. Apesar de ter visto muito mais Popeye (nos desenhos) do que lido Tintim (só fui ler na Universidade), não aguento o marinheiro e nunca li mais do que uma dúzia de páginas dele.

Tintim, por outro lado, é um quadrinho muito mais sofisticado. Além da linha clara lindíssima nas ilustrações e um mundo fictício que se expande a cada álbum. E há detalhes a serem descobertos e apreciados.

8.1.19

A humildade em forma de servidor

A Low-tech é uma revista dedicada ao reconsiderar o potencial de tecnologias que ficaram para trás. A busca por soluções para uma sociedade sustentável, ela une muitas vezes tecnologias e materiais ultrapassados junto às novidades. Um dos meus projetos favoritos é uma versão low-tech da revista -com servidor e tudo target=_blank title=". Invejável.

Cresce o catálogo da Martin Claret

Pela primeira vez em mais de vinte anos, obras expiraram os copyrights e entraram no domínio público. Tem Charlie Chaplin, Cecil B DeMille, Buster Keaton, P.G. Wodehouse, Virginia Woolf, e.e. cummings, Edgar Rice Burroughs e mais centenas de obras.

Vale lembrar que essas obras deveriam ter entrado no domínio público há muito tempo, mas continuaram em mãos privadas graças a uma extensão de 2O anos, feita em 1998 pelo congresso americano. Se a regra antiga fosse seguida - 56 anos, 28 anos renováveis por 28 anos - Nenhum comentário: Links para esta postagem